Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017  
 
HOME
FALE CONOSCO
CONCURSO ECOLOGICO 2013
PEÇA sua muda-PROJETO ÁRVORE CIDADÃ
ABAIXO ASSINADOS
ACESSA VÍDEOS CDPEMA
Acessa vídeos- natureza
ADOTAR: 1 Criança, 1 Idoso
AGENDA SOCIAL/AMBIENTAL 2013
FILIE-SE NA CDPEMA
Cadastro de Curriculuns
Doação de Animais-BRASIL
CONSEMA
CURSOS
INFORMES 1
INFORMES 2
INFORMES 3
INFORMES 4
Legislação
Moto Cross da SUSTENTABILIDADE-2011
Patrocinadores
Projetos
Unidades da CDPEMA
Utilidade Pública
Notícias
Galeria de Fotos
Interação
» Home   » Agenda / Eventos
Agenda / Eventos
Abril / 2010
22/04/2010
CARTA DA TERRA

"A Carta da Terra comemora 10 anos com campanha mundial desenvolvida no Brasil e hasteamento da Bandeira da Terra

em São Paulo."

Data: 22 de abril
Horário: 10h
Local: Av. IV Centenário, s/n. Portão 7ª – UM PAZ




A Carta da Terra, extensão brasileira do movimento internacional The Earth Charter, lança no dia 22 de abril de 2010, Dia Mundial da Terra, a sua primeira campanha global desenvolvida inteiramente no Brasil em suporte aos seus 10 anos. Na mesma data a Bandeira da Terra será hasteada por crianças em solenidade no Parque Ibirapuera em São Paulo. Na seqüência haverá um plantio de árvores no Parque.

A campanha denominada Começa Com Você, desenvolvida em São Paulo por voluntários, remete ao pensamento de Gandhi que lembra que a mudança que queremos ver no mundo começa por cada indivíduo. O objetivo é fomentar entre o grande público o conceito de "Cidadania Terra" onde os interesses pelo bem comum do planeta estão acima dos individuais. A campanha está ancorada em um filme de 60 segundos com versões em três idiomas (inglês, espanhol e português) produzido em caráter voluntário pela agência EC Comunicação, produtora Santo Forte Digital e produtora de áudio Sonido e conta também com o planejamento e execução de mídia da consultoria gaúcha Mi4 de Porto Alegre. A criação traz 120 crianças da Casa do Zezinho - entidade social que visa promover a cultura e educação entre crianças da comunidade do Parque Santo Antônio na cidade de São Paulo - com uma folha em branco nas mãos onde é projetada uma animação que retrata um Planeta Terra sustentável, justo e pacífico. O filme será veiculado mundialmente a partir do dia 22 de abril em espaços doados pelas principais emissoras internacionais de televisão por assinatura e pela rede aberta local. A campanha conta também com anúncios doados por várias revistas e jornais, spot de rádio e banners para a internet.

Segundo a diretora executiva do Earth Charter Internacional baseada na sede do movimento que fica dentro da Universidade pela Paz na Costa Rica, a brasileira Mirian Vilela: "O Brasil sempre foi parte importante desta iniciativa. Os primeiros textos da Carta foram redigidos na Eco-92 no Rio de Janeiro. Quase 20 anos depois, a primeira campanha mundial nasce aqui e é lançada no mesmo dia do descobrimento do país. Temos muitos planos para o Brasil".

Para marcar as comemorações oficiais de 10 anos do documento, o lançamento da campanha mundial e celebrar o dia do Planeta, a bandeira da Terra, em tamanho oficial, será erguida no dia 22 de abril por crianças no Parque Ibirapuera (Av. Quarto Centenário s/n - Portão 07) às 11 em solenidade conjunta com a UMAPAZ (Universidade Livre de Meio Ambiente e Cultura de Paz). A líder do movimento voluntário da Carta da Terra no Brasil, Cristina Moreno, afirma: "A Carta pode ser vista como uma espécie de Constituição do Planeta Terra. Se todos a seguirmos a risca, alcançaremos mais facilmente a tão sonhada sustentabilidade planetária. E para nos inspirarmos a pensar no todo, nada melhor do que hastear a bandeira da Terra na maior cidade do país".

A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo, através da UMAPAZ, desenvolveu o Programa Difusão da Carta da Terra na rede municipal de ensino, que contou com 30 turmas descentralizadas nas diversas regiões da cidade, alcançando cerca de 800 escolas. Foram reproduzidos 65 mil exemplares da Carta, distribuídos a todos os professores da rede municipal.

 

 


Sobre a Carta da Terra

A Carta da Terra é uma declaração de 16 princípios éticos fundamentais para a construção de uma sociedade global justa, sustentável e pacífica. Ela é estruturada em quatro grandes tópicos: respeito e cuidado pela comunidade da vida, integridade ecológica, justiça social e econômica, democracia, não-violência e paz.

Em 1987 a Comissão das Nações Unidas para o Meio Ambiente e Desenvolvimento, através do documento "Nosso Futuro Comum", recomendou a redação de uma nova carta sobre o desenvolvimento sustentável com o objetivo de ajudar a construir no século 21 uma sociedade global justa, sustentável e pacífica. Em 1992, em evento paralelo da Cúpula da Terra - Eco-92 - realizada no Rio de Janeiro, foi elaborada a primeira versão da Carta. Após oito anos, em um processo participativo envolvendo todos os continentes e com a contribuição de milhares de pessoas de todas as raças, credos, idades e profissões, incluindo especialistas em ciências, filosofia, ética, religiões e leis internacionais, a versão final foi lançada no Palácio da Paz em Haia em 29/06/2000. Em 2003 a UNESCO reconheceu a Carta da Terra como um instrumento chave para a educação e cultura, e a considerou como um importante marco ético para a humanidade.

Entre os membros da comissão mundial do movimento estão a queniana prêmio Nobel da Paz de 2004 Wangari Maathai, o canadense e ex-secretario geral da Eco-92 Maurice Strong, o americano Steven Rockefeller, o ex-primeiro ministro da Holanda Ruud Lubbers, a princesa da Jordânia Basma Bint Talal e os brasileiros Leonardo Boff e Oscar Motomura.

« voltar
 
     
 
© 2010 C.D.P.E.M.A. - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px
Desenvolvido por:
MWAY - Soluções Dinâmicas Web
& MarkCerto